3 de dezembro de 2017

OPINIÃO



3. Arte x Pichação
Aqui há reflexões bem polêmicas: grafites e pichações podem ser considerados arte de rua? Como o poder público pode tratar desse assunto sem ferir a identidade da cidade? 

38 comentários:

  1. A pichação na maioria das vezes é considerada um ato de vandalismo, muitas dessas pichações são feitas por jovens que estão no mal caminho, muitos às vezes já tiveram mais de uma passagem pela Polícia, alguns já tiveram ou tem envolvimento com as drogas e com a violência, e entre outros tipos de crimes. Mas, a pichação também pode tirar jovens do crime, e das ruas. Muitos jovens largam a vida criminosa e entram para centros culturais de Arte de rua. Eles picham e fazem grafite em muros e em outros locais também, mas é claro, não numa forma de vandalismo, eles fazem isso com licenciamento, para promover esse tipo de Arte, fazem grafite em túneis, e muitas vezes se tornam grandes grafiteiros, fazem exposições, vão para o exterior, enfim, divulgam sua Arte, e mostram que a pichação e o grafite não passam de um ato de vandalismo apenas. Portanto, a pichação, como quase tudo no mundo, tem dois lados: O bom e infelizmente o ruim, mas a sociedade, se unida, pode fazer isso mudar, e assim promover o lado Bom da pichação, sem vandalismo, e sim como uma Arte de Rua!
    Renato Bittencourt - turma 3003

    ResponderExcluir
  2. Beatriz Vitória - turma 3003

    A arte é tudo que é expressão do belo, sendo manifestado por meio de algumas habilidades humanas. Como sensações por meio de músicas, desenhos, pintura, mímica e etc. A pichação não é considerada arte por ser na maioria das vezes um ato de vandalismo, já o grafite é uma modalidade de manifestação e é considerada arte, mas sofre preconceito por ser uma arte de rua . Por essa razão, o grafite deve ter seu lugar assegurado na cidade. A necessidade de autorização impedirá o grafiteiro de estampar sua arte em local não apropriado.

    ResponderExcluir
  3. Allan Reis de Oliveira 3003

    Arte é a atividade humana ligada a manifestações de ordem estética, feita por artistas a partir de percepção, emoções e ideias, e o mesmo se diz sobre o grafite q é u tipo de arte, mas a pichação é um ato de pintar, rabiscar ou sujar patrimônio público ou privado sem o consentimento do proprietário, de modo que esse ato não se torne grafitar mas sim pichar

    ResponderExcluir

  4. No Rio de Janeiro, ele (grafite)é quase um reflexo da cidade que o acolhe. “O Rio é uma cidade alegre, cheia de curvas, festivais. E isso se reflete no tipo de arte que a gente faz nas ruas, colorida, alegre e com diversas formas.

    - a mas isso é vandalismo

    Errado :

    A pichação advém da escrita, enquanto o grafite está diretamente relacionado à imagem

    Qual é a diferença ?
    Uma é arte a outra e vandalismo

    Em 2011 entrou em vigor a Lei Federal que passou a considerar o grafite como uma conduta legalizada (diferente da pichação), desde que exista o consentimento do proprietário, a definição do grafite é :
    " valorizar o patrimônio público e privado"

    Muitas pessoas não devem ter esse conhecimento ,

    Muitos brasileiros, ao ver um garoto com uma lata de spray na mão
    pensam " olha ali o marginal"
    Ou "deve vir da favela"

    Sim, isso é um preconceito

    O que é preconceito?

    1 qualquer opinião ou sentimento concebido sem exame crítico.

    2 sentimento hostil, assumido em consequência da generalização apressada de uma experiência pessoal ou imposta pelo meio; intolerância.

    O que fazer para mudar isso ?
    Séria esplêndido
    Organizar uma feira de artes com grafite , historia ,desenhos ,etc .

    Com isso as pessoas podem adquirir tal conhecimento e aos poucos moldar esse pensamento , claro que poderia ser feito no município , escola ,faculdade ,

    O principal é ter um responsável para Organizar e que tenha um grande conhecimento em artes e historia .

    Não estou dizendo que é para jogar na cara do cidadão Brasileiro ,
    mais sim , aos poucos ir mostrando


    Que o objetivo é evoluir e não regredir

    Aluna:Adriele Monteiro n°1 turma : 3003

    ResponderExcluir

  5. No Rio de Janeiro, ele (grafite)é quase um reflexo da cidade que o acolhe. “O Rio é uma cidade alegre, cheia de curvas, festivais. E isso se reflete no tipo de arte que a gente faz nas ruas, colorida, alegre e com diversas formas.

    - a mas isso é vandalismo

    Errado :

    A pichação advém da escrita, enquanto o grafite está diretamente relacionado à imagem

    Qual é a diferença ?
    Uma é arte a outra e vandalismo

    Em 2011 entrou em vigor a Lei Federal que passou a considerar o grafite como uma conduta legalizada (diferente da pichação), desde que exista o consentimento do proprietário, a definição do grafite é :
    " valorizar o patrimônio público e privado"

    Muitas pessoas não devem ter esse conhecimento ,

    Muitos brasileiros, ao ver um garoto com uma lata de spray na mão
    pensam " olha ali o marginal"
    Ou "deve vir da favela"

    Sim, isso é um preconceito

    O que é preconceito?

    1 qualquer opinião ou sentimento concebido sem exame crítico.

    2 sentimento hostil, assumido em consequência da generalização apressada de uma experiência pessoal ou imposta pelo meio; intolerância.

    O que fazer para mudar isso ?
    Séria esplêndido
    Organizar uma feira de artes com grafite , historia ,desenhos ,etc .

    Com isso as pessoas podem adquirir tal conhecimento e aos poucos moldar esse pensamento , claro que poderia ser feito no município , escola ,faculdade ,

    O principal é ter um responsável para Organizar e que tenha um grande conhecimento em artes e historia .

    Não estou dizendo que é para jogar na cara do cidadão Brasileiro ,
    mais sim , aos poucos ir mostrando


    Que o objetivo é evoluir e não regredir

    Aluna: Adriele Monteiro n°1 turma: 3003

    ResponderExcluir
  6. Pichação é algo que não podemos situar como arte, pois além de ser crime, deixa a cidade cada vez mais feia. Porém o grafite, já é considerado arte, e de fato é, com seus desenhos relatando a vida cotidiana ou a nossa fauna e flora, o planeta de uma forma geral, ou melhor, relatando um mundo melhor. Tratando de um lado a arte e do outro um crime, o que poderia ser feito e a conscientização, a pesar de já ser feita, mas cada vez mais precisamos conscientizar, e com isso criar projetos que possam ensinar esses jovens a por sua imaginação em ação atraves do grafite sem precisar se arriscar em locais perigosos, para praticar algo sem sentido, algo que deixará a cidade de certa forma mau preservado pelos seus próprios moradores. E com essas oficinas, além de ajudar a esses jovem a ver um lado diferente, utilizando essa arte para transformar a cidade mais enfeitada e bonita.

    ResponderExcluir


  7. Adriele Monteiro 3003


    O grafite é uma arte
    A Forma que se vê a vida,
    como se lida com a vida .

    Assim como músico com o seu violão , o ator com palco , o pintor com a tinta , o poeta com o lápis, e o grafiteiro com seu spray.

    mostram a beleza do Rio
    uma cidade alegre, cheia de curvas, festivais. Que reflete a arte que se faz nas ruas, colorida, alegre e com diversas formas

    Formas essas que não tem nada ,nada a ver com a pichação uma péssima ação que não passa de uma má manifestação

    Na parede da praça olhar
    uma bela pintura
    e da boca de um cidadão poder ouvir
    Mais que bela pintura


    ResponderExcluir


  8. Adriele Monteiro 3003


    arte é a forma que se vê a vida,
    como se expressa .
    Assim como músico com o seu violão , o ator com palco , o pintor com a tinta , o poeta com o lápis, é o conjunto de emoções, sensações


    Já a pichação e um ato de vandalismo muito conhecido no Brasil
    é o efeito de produzir estrago ou destruição de monumentos ou quaisquer bens públicos ou particulares

    ResponderExcluir


  9. Adriele Monteiro 3003


    arte é a forma que se vê a vida,
    como se expressa .
    Assim como músico com o seu violão , o ator com palco , o pintor com a tinta , o poeta com o lápis, é o conjunto de emoções, sensações


    Já a pichação e um ato de vandalismo muito conhecido no Brasil
    é o efeito de produzir estrago ou destruição de monumentos ou quaisquer bens públicos ou particulares

    ResponderExcluir


  10. Adriele Monteiro 3003


    arte é a forma que se vê a vida,
    como se expressa .
    Assim como músico com o seu violão , o ator com palco , o pintor com a tinta , o poeta com o lápis, é o conjunto de emoções, sensações


    Já a pichação e um ato de vandalismo muito conhecido no Brasil
    é o efeito de produzir estrago ou destruição de monumentos ou quaisquer bens públicos ou particulares

    ResponderExcluir
  11. Maria Graziela Torres Ferreira Turma:3003

    Grafite é arte, forma de expressão, feito com capricho técnico e normalmente em locais autorizados ou até mesmo contratado para ser feito. 
    A pichação é considerada crime, consta na lei, é classificado como vandalismo e depredação do espaço público e privado.

    ResponderExcluir
  12. É vc transmitir sentimentos, situações e locais através dos pincéis e tintas. (beleza, Equilíbrio, harmonia, revolta) as emoções, sua história, seus sentimentos e a sua cultura.
    Já a pichação é desenhar, rabiscar, ou apenas sujar um patrimônio de qualquer ordem (público, privado) com uma lata de spray ou rolo de tinta.
    Diferentemente do Grafite, objetivo é marca de territórios entre grupos (as vezes rivais, depende de onde são esses grupos).

    ResponderExcluir
  13. Essa concepção , entretanto, não deve ser imposta a ponto de excluir a existência das outras diversas possibilidades da relação Arte e cidade.

    ResponderExcluir
  14. Caroline Sa Silva 3003

    Mas o que é a pichação? Uma arte urbana, sujeira, crime ou manifestação artística? Vamos começar ressaltando que existe uma grande diferença entre grafite e pichação. O grafite é considerado uma arte de rua, muitas vezes uma forma pacífica de protesto. Já a pichação é uma atitude de vandalismo e tratada como crime.

    A prática de pichar é condenada pelo artigo 65 da Lei dos Crimes Ambientais, número 9.605/98, e que estabelece punição de três meses a um ano de cadeia, além do pagamento de multa àquele que "pichar, grafitar ou, por outro meio, conspurcar edificação ou monumento urbano". No entanto, há uma grande dificuldade em punir quem pratica tal ato, principalmente pela falta de provas, já que as práticas são cometidas durante as madrugadas.

    Infelizmente, os rastros das pichações estão em todas as partes e na grande maioria das cidades brasileiras, sujando as ruas e, por muitas vezes, danificando os patrimônios públicos e privados. Inicialmente, tanto a pichação como o grafite foram considerados condutas penalmente reprováveis, pelo dano que causam ao ambiente, em razão da poluição visual. No entanto, na tentativa de coibir a ação dos pichadores, algumas cidades adotaram o grafite, que se difere da pichação , Grafite e arte . Por sua coloração e forma de escrita, para colorir muros de escolas, viadutos e espaços públicos.

    ResponderExcluir
  15. Hoje em dia existem muitas formas de expressar a cultura,seja ela na dança, escrita
    música ou no grafite.Essas arte que surgiu nos anos 70 nos Estados Unidos , também ganhou
    força no Brasil.
    O grafite é baseado em desenhos bem pensados e elaborados com o intuito de dar vida a
    certos locais, sempre com ciência do proprietário ou permissão de autoridades para locais
    públicos.
    Porém, infelizmente muitas das vezes confundido com com a pichação , embora tenham suas
    peculiaridades em comum, por serem feitas nas ruas, uso de tintas semelhantes, mas com
    grandes diferenças pelo piche ser um crime , vandalismo e considerado sujeira nas ruas.
    No entanto praticantes da pichação tem explicações distintas para o ato, alguns dizem que
    fazem por diversão, expressão de sentimento em relação a sociedade e até mesmo símbolos
    de quadrilhas criminosas.
    Portanto, leis mais severas,denuncias lutam pelo fim da pichação.

    ResponderExcluir
  16. Welisson Santos- 3003

    A arte é baseada em desenhos e figura,já a pichação é um ato de vandalismo, os pichadores utilizam esse meio para expressar suas ideias e fazer com que elas sejam vistas por todos, para algumas pessoas é simplesmente diversão, já outras encararam como forma de protesto. Com isso deu espaço para o grafite que hoje é uma forma de expressão cultural.

    ResponderExcluir
  17. A arte é uma cultura,que é ligada entre os artistas e as pessoas e isso trás muita referência e faz com que os artistas acabam se expressando
    ,com sues belos grafites que são espalhados por todo mundo.

    ResponderExcluir
  18. A arte é uma cultura,que é ligada entre os artistas e as pessoas e isso trás muita referência e faz com que os artistas acabam se expressando
    ,com sues belos grafites que são espalhados por todo mundo.

    ResponderExcluir
  19. A pichação é um ato de vandalismo e crime e também acabam deixando a cidade com um aspecto feio e eles fazem isso pra criticar a política ou até mesmo em protesto eles fazem isso pra deixar marcas pelas cidades e isso também acaba sendo uma expressão pessoal entre eles e também uma conquista de respeito entre o grupo então não tem como comprará arte com pichação.Arte está dentro da lei pichação não está.

    ResponderExcluir
  20. Aluna:Brenda Cabral Ribeiro turma:3003

    A pichação recebe uma visão negativa relacionada à sujeira e ao vandalismo, já o grafite em muitos lugares é considerado "arte de rua" onde é expresso sentimentos e realidades do cotidiano. Sendo muitas vezes jovens periféricos, e ambos com o desejo de visibilidade e chamar atenção para um determinado assunto, fazendo críticas positivas ou não por meio da arte.
    Torna-se crime à arte, em geral, feita em locais sem o consentimento dos proprietários, onde muitos talvez por falta de conhecimentos julguem ser vandalismo, não dando oportunidades para a arte. Mas é possível ver lugares onde essa arte é permitida e aceita, como em alguns estabelecimentos, onde o proprietário deixa um espaço para tal.

    ResponderExcluir
  21. Aluna: Brenda Cabral Ribeiro Turma:3003

    A pichação recebe uma visão negativa relacionada à sujeira e ao vandalismo, já o grafite em muitos lugares é considerado "arte de rua" onde é expresso sentimentos e realidades do cotidiano. Sendo muitas vezes jovens periféricos, e ambos com o desejo de visibilidade e chamar atenção para um determinado assunto, fazendo críticas positivas ou não por meio da arte.
    Torna-se crime à arte, em geral, feita em locais sem o consentimento dos proprietários, onde muitos talvez por falta de conhecimentos julguem ser vandalismo, não dando oportunidades para a arte. Mas é possível ver lugares onde essa arte é permitida e aceita, como em alguns estabelecimentos, onde o proprietário deixa um espaço para tal.

    ResponderExcluir
  22. A principal diferença é que a pichação advém da escrita, enquanto o grafite está diretamente relacionado à imagem. A distinção entre as práticas do grafite e da pichação é algo que acontece especificamente no Brasil. Em países como os Estados Unidos e Colômbia, as duas práticas possuem a mesma nomenclatura: grafite, relacionado a qualquer transcrição feita na arquitetura urbana.
    Aluna: stéphanie da Silva Maciel
    Turma: 3003

    ResponderExcluir
  23. Vinicius Rogick - 3003

    O que é a pichação? Uma arte urbana, sujeira, crime ou manifestação artística?  Vamos começar ressaltando que existe uma grande diferença entre grafite e pichação. O grafite é considerado uma arte de rua, muitas vezes uma forma pacífica de protesto. Já a pichação é uma atitude de vandalismo e tratada como crime.
    A prática de pichar é condenada pelo artigo 65 da Lei dos Crimes Ambientais, número 9.605/98, e que estabelece punição de três meses a um ano de cadeia, além do pagamento de multa àquele que "pichar, grafitar ou, por outro meio, conspurcar edificação ou monumento urbano". No entanto, há uma grande dificuldade em punir quem pratica tal ato, principalmente pela falta de provas, já que as práticas são cometidas durante as madrugadas.
    Infelizmente, os rastros das pichações estão em todas as partes e na grande maioria das cidades brasileiras, sujando as ruas e, por muitas vezes, danificando os patrimônios públicos e privados. Inicialmente, tanto a pichação como o grafite foram considerados condutas penalmente reprováveis, pelo dano que causam ao ambiente, em razão da poluição visual. No entanto, na tentativa de coibir a ação dos pichadores, algumas cidades adotaram o grafite, que se difere da pichação por sua coloração e forma de escrita, para colorir muros de escolas, viadutos e espaços públicos.
    Assim e de forma correta, a arte popular pode fazer parte das ruas, exibindo seu conteúdo e demonstrando que a estética é apenas uma questão de encantar as pessoas. A verdadeira arte, que não são as pichações que sujam e empobrecem as cidades, podem estar presentes no que antes era apenas um muro branco, sem qualquer atrativo.
    Enquanto as pichações, aquelas realizadas por integrantes de gangues para marcar território ou simplesmente para fazer os pichadores serem conhecidos em seu meio, devem sim ser punidas como vandalismo, o que de fato são.

    ResponderExcluir
  24. Mikael Aquino- 3003

    Os rastros das pichações estão em todas as partes e na grande maioria das cidades brasileiras, sujando as ruas e por muitas vezes, danificando os patrimônios públicos e privados.  Tanto a pichação como o grafite foram considerados condutas penalmente, pelo dano que causam ao ambiente, em razão da poluição visual.

    Porém, na tentativa de coibir a ação dos pichadores, algumas cidades adotaram o grafite, que se difere da pichação por sua coloração e forma de escrita, para colorir muros de escolas, viadutos e espaços públicos. De forma correta, a arte popular pode fazer parte das ruas, exibindo seu conteúdo e demonstrando que a estética é apenas uma questão de encantar as pessoas. A verdadeira arte, que não são as pichações que sujam e empobrecem as cidades, podem estar presentes no que antes era apenas um muro branco, sem qualquer atrativo.

    Enquanto as pichações, aquelas realizadas por integrantes de gangues para marcar território ou simplesmente para fazer os pichadores serem conhecidos em seu meio, devem sim ser punidas como vandalismo, o que de fato são.

    ResponderExcluir
  25. Michele Aguiar- 3001.

    Fazendo uma revisão histórica dos termos e das expressões, minha leitura dos acontecimentos é que o piche, apesar de ser uma expressão cultural genuína de subversão e/ou demarcação de território (sendo ela bela ou não, um julgamento de valor individual), não é feita sob o princípio de alcançar status estético de elevação da obra, por isso não deveria ser considerada uma obra de arte.
    Já o grafite (conhecido lá fora como graffiti art), por ser uma expressão que pretende alcançar um caráter estético e tem uma postura de vanguarda conflituosa entre as artes visuais plásticas, contra a rigidez da arquitetura moderna, alcançando um caráter estético, diverso e dinâmico.

    ResponderExcluir
  26. Caroline Barbosa de Andrade . Turma:30015 de dezembro de 2017 15:16

    Como sabemos q pichação é muito criminalizada pois tem pessoas que não sabem usar de forma correta, como pichar símbolos ou nome de facção nos portões, muros etc. O grafite e a pichação de forma correta vira arte e lindos desenhos, o poder público poderia disponibilizar curso e mostrar a sociedade a parte bonita do grafite e a pichação.

    ResponderExcluir
  27. 3003
    A arte tem q ser retratada naquilo que vier a mente o mundo e uma arte devemos expor nossos sentimentos de alguma maneira uma delas e a arte nas ruas isso é algo que não deve ser proibido porque se esta ali é porque tem um propósito um motivo.

    ResponderExcluir
  28. 3003
    A arte tem q ser retratada naquilo que vier a mente o mundo e uma arte devemos expor nossos sentimentos de alguma maneira uma delas e a arte nas ruas isso é algo que não deve ser proibido porque se esta ali é porque tem um propósito um motivo.

    ResponderExcluir
  29. Renato Henrique Alves Bittencourt 3003
    A pichação na maioria das vezes é considerada um ato de vandalismo, muitas dessas pichações são feitas por jovens que estão no mal caminho, muitos às vezes já tiveram mais de uma passagem pela Polícia, alguns já tiveram ou tem envolvimento com as drogas e com a violência, e entre outros tipos de crimes. Mas, a pichação também pode tirar jovens do crime, e das ruas. Muitos jovens largam a vida criminosa e entram para centros culturais de Arte de rua. Eles picham e fazem grafite em muros e em outros locais também, mas é claro, não numa forma de vandalismo, eles fazem isso com licenciamento, para promover esse tipo de Arte, fazem grafite em túneis, e muitas vezes se tornam grandes grafiteiros, fazem exposições, vão para o exterior, enfim, divulgam sua Arte, e mostram que a pichação e o grafite não passam de um ato de vandalismo apenas. Portanto, a pichação, como quase tudo no mundo, tem dois lados: O bom e infelizmente o ruim, mas a sociedade, se unida, pode fazer isso mudar, e assim promover o lado Bom da pichação, sem vandalismo, e sim como uma Arte de Rua!

    ResponderExcluir
  30. William Fidelis 3001

    O grafite pode ser considerado uma arte de rua já mexer com desenhos , as pichação não é arte de rua mas é um tipo de vandalismo que os pichadores usam para atacaram indireta outras pessoas ..
    O poder público pode ajudar os artistas de rua sem ferir a cidade , como cedendo alguns muros que não são usados para que os grafiteiro fazem suas artes ..

    ResponderExcluir
  31. William Fidelis 3001

    O grafite pode ser considerado uma arte de rua já mexer com desenhos , as pichação não é arte de rua mas é um tipo de vandalismo que os pichadores usam para atacaram indireta outras pessoas ..
    O poder público pode ajudar os artistas de rua sem ferir a cidade , como cedendo alguns muros que não são usados para que os grafiteiro fazem suas artes ..

    ResponderExcluir
  32. William Fidelis 3001

    O grafite pode ser considerado uma arte de rua já mexer com desenhos , as pichação não é arte de rua mas é um tipo de vandalismo que os pichadores usam para atacaram indireta outras pessoas ..
    O poder público pode ajudar os artistas de rua sem ferir a cidade , como cedendo alguns muros que não são usados para que os grafiteiro fazem suas artes ..

    ResponderExcluir
  33. O grafite em sí feito com autorização do dono do muro ser torna uma forma de arte urbana se tornando parte da cultura urbana devido ao grande talento de alguns grafiteiros.porem muitos picham os muros e monumentos públicos e isso já não mais arte por que o grafiteiro ele não so expressão pelos desenhos com eles tem todo um trabalho para fazer uma arte bonita já os pichados só escrevem o que elem tem na cabeça por aí e isso e um formulário de vandalismo.



    ResponderExcluir
  34. Carolina Remann/Turma:3001

    O grafite é uma arte baseada em desenhos e figuras que são pensados e elaborados, já a pichação é um ato de vandalismo sem o consentimento do proprietário.
    Para algumas pessoas a pichação é simplesmente diversão, já outras encaram como uma forma de protesto à sociedade. Vários pichadores gostariam que a prática fosse considerada como arte, porém este assunto deu espaço para o nascimento do grafite, que hoje é uma forma de expressão cultural.
    Hoje o grafite é reconhecido como profissão e é um sucesso em muitos países.

    ResponderExcluir
  35. Gustavo Aureliano de Luna 3004

    Sim o grafite e as pichações podem ser consideradas artes de rua.
    E o poder público poderia tratar destes assunto separando locais adequados para que esses pichadores e grafiteiros expressem sua arte, para que eles não venham fazer isso em locais indevidos.

    ResponderExcluir
  36. Jonathan Willian 3004


    A pichação recebe uma visão negativa relacionada à sujeira e ao vandalismo, já o grafite em muitos lugares é considerado "arte de rua" onde é expresso sentimentos e realidades do cotidiano. Sendo muitas vezes jovens periféricos, e ambos com o desejo de visibilidade e chamar atenção para um determinado assunto, fazendo críticas positivas ou não por meio da arte.
    Contudo, tendo criação e/ou liberação de espaços onde os mesmos poderão realizar grafites e pichações sem denegrir a imagem de terceiros. Assim cada vez mais jovens poderão se expressar de modo honesto, tendo o reconhecimento e a visibilidade merecida, realizando trabalhos e podendo ser remunerados.

    ResponderExcluir
  37. William de Souza Fidelis 3001

    É que o grafite e sim uma arte de rua já a pichação não é arte mas sim vandalismo de patrimônio público e privado .
    O poder público podia da uma ajuda as grafiteiro cedendo alguns muros em que não se aproveita , já com os pichadores eles podia da algumas assistência ....

    ResponderExcluir
  38. Matheus Lopes 3003

    Os grafiteiros ocupam hoje um papel de destaque no processo de revitalização da paisagem urbana, mas não é só isso. Além de agregar valor à cidade, os grafiteiros têm se revelado parceiros estratégicos no diálogo com os indivíduos da sociedade.

    Pichadores se tornam vândalos quando inscrevem suas tags geralmente sem autorização, em propriedades públicas, privadas e, em casos extremos em prédios ou espaços tombados pelo Patrimônio Histórico e Cultural.

    ResponderExcluir

Pesquisar este blog

Seguidores